Estatuto do Homem

O caráter fidedigno do pensamento humanista de Thiago Melo nos traz esperança de realizarmos uma utopia. Ser livre. Para Platão os signos são arbitrários. Usando desse pensamento póstumo a palavra liberdade nada mais é que uma grande prisão que a humanidade inventou. O ultimo artigo desse Estatuto deve ser visto como a possibilidade de liberdade na sua real significância: “liberteza” da liberdade.

Marquione Ban

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s